Como fazer dieta corretamente

0
79

Uma boa parcela das pessoas que fazem dieta acaba ficando doente ou desenvolvendo alguns problemas de transtorno alimentar como a bulimia.

O problema, muitas vezes, está na falta de equilíbrio para emagrecer, falta de uma dieta que abranja todos os nutrientes importantes para o corpo e até mesmo na falta de responsabilidade de alguns sites e pessoas prometendo emagrecimento rápido e milagroso.

Mas, infelizmente, essas promessas de emagrecimento rápido em uma semana ou dias, podem prejudicar muito a saúde, deixando a pessoa com a imunidade baixa. Fazer uma dieta não é ficar doente.

--- continua depois da publicidade ---

Confira algumas dicas interessantes na hora de escolher a dieta, sem grilos e principalmente, sem prejudicar a saúde.

Dieta do jeito certo

Uma boa dieta precisa conter um valor nutricional, de acordo com o peso, altura e restrições alimentares (se houver) de cada pessoa, e também ter alimentos ricos em nutrientes para manter o corpo com saúde e fibras importantes para o bom funcionamento do intestino.

Dietas malucas que propõem tomar só liquido durante 3 dias, ou algo do gênero, não são boas e podem ser muito prejudiciais, então é sempre bom pensar, antes de entrar nessa roubada.

Há boas formas de encontrar uma dieta e fazê-la do jeito certo. Veja só:

1 – Procurar um nutricionista

O nutricionista poderá montar uma dieta apropriada para cada pessoa, baseado em exames médicos para ver se há alguma restrição alimentar ou não, além disso, poderá indicar algumas receitas variadas e saudáveis para fazer durante a dieta, já que não há quem aguente comer as mesmas coisas todos os dias, então o profissional de nutrição ajudará a dar essa variada no cardápio, de um jeito leve.

Se não tiver como procurar um nutricionista, procure, ao menos, ouvir dicas de nutricionistas confiáveis, em vídeos no youtube.

2 – Fazer acompanhamento alimentar mensal

Não adianta nada procurar uma dieta específica, com apoio de um nutricionista sem acompanhamento, é importante saber se a dieta está apropriada, se está fazendo efeito ou se precisa ser substituída por outra.

Se a grana estiver curta, é possível optar por acompanhamentos mensais ou trimestrais, os convênios oferecem essa opção, aliás os nutricionistas de hospitais públicos também exigem que o paciente volte a marcar uma consulta para fazer um acompanhamento, é só ficar atento.

3 – Procurar fazer atividades físicas

Parece que várias notícias e dicas de dieta batem na mesma tecla, não? Pois é, mas não tem jeito: o melhor jeito da dieta funcionar é ela estar completa e vinculada a alguma atividade física, por que ajuda a eliminar calorias, além de fazer bem à mente e ao corpo, portanto é importante fazer qualquer tipo de atividade física, moderadamente.

Todas as coisas que queremos conquistar na vida, tem um preço. Emagrecer com saúde é custoso, encontrar uma boa dieta também é, mas é sempre possível quando se quer.

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.