Como escolher um plano de saúde

0
13

Um plano de saúde não é algo fácil de se escolher por conta de preços, taxas, credibilidade, entre outras coisas que fazem dele um investimento para você e sua família.

Por conta desses fatores, é necessário fazer uma boa pesquisa, checar se aquele plano cumpre o que promete, comparar os tipos de planos e preços para evitar possíveis “dores de cabeça”.

E foi por esse motivo que pensamos em informações básicas e práticas para facilitar a escolha do seu plano.

--- continua depois da publicidade ---

Confira 5 dicas para saber como escolher o seu plano de saúde.

1 – Consulte a ANS

A ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar conta com vários dados de planos de saúde, disponibilizados gratuitamente.

Nesses dados você vai poder pesquisar o plano de saúde que você está interessando em um ranking de operadoras – www.ans.gov.br/planos-de-saude-e-operadoras/informacoes-e-avaliacoes-de-operadoras/qualificacao-ans – que são divulgados todo o ano, baseado em questões econômicas e de qualidade de cada plano.

E são dados bem detalhados, observando se as operadoras de planos de saúde são pequenas, medias ou grandes, o desempenho e qualidade de cada operadora numa escala de 0 a 1, e quando mais próxima a avaliação estiver do 1, mais credibilidade ela tem.

Lá você também vai encontrar qual é a melhor opção de plano de saúde – www.ans.gov.br/planos-de-saude-e-operadoras/contratacao-e-troca-de-plano/dicas-para-escolher-um-plano – para você, se é individual ou familiar, ou se é coletivo – plano geralmente buscado para empreendedores e empresários para os seus funcionários.

2 – Repare na posição e nas reclamações de cada plano

Outro dado interessante que a ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar – disponibiliza aos clientes é um índice de reclamações – www.ans.gov.br/espaco-da-qualidade/indice-de-reclamacoes# – que os clientes fazem quando não estão satisfeitos com determinado plano de saúde.

É interessante dar uma olhada no que os outros clientes dizem para que você não passe pelos mesmos aborrecimentos na contratação do seu plano de saúde.

3 – Verifique a credibilidade do plano de saúde

No site você ainda poderá encontrar quais são as operadoras de planos que estão com problemas financeiros, em processo de falência ou não estão em dia com as taxas e pagamentos ao governo.

A ANS anuncia a cada três meses a lista de planos suspensos por não cumprirem os prazos de atendimento aos clientes ou que estão comercializando planos de forma ilegal, então é outra coisa interessante para você ficar atento e fugir de roubadas.

4 – Consulte a qualidade que o plano oferece

Feito tudo isso no site da ANS, você poderá entrar em contato com a operadora do plano de saúde que deseja contratar e verificar a qualidade que ele oferece, ou seja, ver se há bons hospitais disponíveis para consulta e internação, e se caso esta ocorra, saber se ela é feita em um quarto individual ou compartilhado.

Observe ainda, se eles são prestativos em socorrer uma pessoa com ambulância rapidamente e também se o plano de saúde atende a mais regiões que as do seu estado.

5 – Fique de olho no contrato

Muitas vezes, alguns clientes se deixam levar pelo o que a operadora do plano de saúde diz oferecer, e acabam cometendo o erro de contratar um plano sem ler bem o contrato, que é uma coisa muito importante.

Por mais chato que seja, ler o contrato detalhadamente pode evitar muitos problemas, inclusive judiciais, caso você queira cancelar o seu plano de saúde, por exemplo, portanto leia com muita atenção todas as cláusulas do contrato e se tiver dúvidas, não hesite em perguntar à empresa que oferecerá o seu plano de saúde.

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.