Remédios caseiros para cólica intestinal

Remédios caseiros para cólica intestinal, além de alimentos e massagens que aliviam o desconforto e deixam seu dia mais leve.

A cólica intestinal pode atrapalhar muito a vida das pessoas, principalmente se temos uma rotina agitada, repleta de afazeres que não irão terminar sem a nossa ajuda. Pode ser que não seja frequente ou pode ser que seja diariamente, a cólica intestinal vai provocar muitos problemas em seu intestino e estilo de vida.

É comum associarmos a cólica intestinal a uma alimentação inadequada, sem nutrientes ou alimentos que fortaleçam o nosso organismo. E por mais que essa definição não esteja errada, é preciso cautela. Afinal, a cólica intestinal pode também ser causada por gases ou a falta de hidratação do corpo. O que também está associado é o estresse e a ansiedade.

Para quem não conhece, a cólica intestinal é o sintoma de outras enfermidades que estão agravando, como o caso da prisão de ventre ou até mesmo diarreia. É um sinal de que o organismo não está bem e que precisa de cuidados “pra ontem”. É claro que os problemas podem ser extremos: como ter cólica intestinal estando com o intestino preso e como ter cólica intestinal durante um episódio de diarreia?

Pois é ainda mais comum. Independentemente do que seja, o intestino está avisando de que algo não vai bem. Portanto, o primeiro passo é mudar a alimentação e ingerir alimentos que irão ajudar a aliviar os sintomas e diminuir a cólica intestinal.

Alimentos que aliviam a cólica intestinal

Alimentos ricos em fibras, por exemplo, devem ser consumidos para fortalecer o organismo. Eles melhoram o fluxo intestinal, dando ao processo mais movimento. Logo, leguminosas, grãos, cereais e pães integrais podem ser adicionados nas refeições. Mas, cuidado! Se a cólica intestinal estiver acompanhada de diarreia, não consuma alimentos com fibras. Pelo contrário, dê preferência ao arroz, banana e torradas, por exemplo.

Além disso, não podemos nos esquecer do ingrediente principal: água. A água é uma bebida primordial para hidratar o corpo, repor nutrientes perdidos e ajudar no alívio da cólica intestinal.

Também é recomendado que não se exagere durante as refeições, uma vez que, dependendo da alimentação, pode provocar a formação de mais gases na parede do intestino e do estômago, agravando o quadro e piorando a dor.

Remédios caseiros para cólica intestinal

Também é interessante investir em remédios caseiros para ajudar no alívio das cólicas intestinais.

Remédios caseiros para cólica intestinal

Conheça alguns abaixo:

Chá de funcho com erva cidreira:   uma xícara de chá com uma colher de sopa de funcho e erva cidreira.

Chá de louro com camomila e erva doce: ferva, em um copo de água, uma colher de chá de camomila e quatro folhas de louro junto com uma colher de sopa de erva doce dissolvida. É recomendado tomar essa porção a cada duas horas, mais ou menos.

Chá de maçã com mel: ferva a casca de maça (do tipo Fuji) e meia xícara de mel até formar uma calda. Após esfriar, pode coar e beber.

Massagem para aliviar a cólica intestinal

Além dos alimentos e remédios caseiros, há também um método que pode relaxar o intestino, diminuir os gases e aliviar a dor da cólica intestinal. Estamos falando de massagens.

A primeira delas é ficar deitada na cama, ou não, com a barriga para cima e abraçar os joelhos. Fique na posição por dez a quinze segundos, movimentando o quadril de um lado para o outro. Pode repetir três vezes a mesma “massagem”.

Outra massagem é passar um creme hidratante no abdômen. Em seguida, comece a massagem pela região inferior esquerda até perceber que o abdômen está menos duro. Depois, passe para o lado direito e faça o mesmo movimento, circular. Após terminar a região inferior, suba e continue os movimentos no sentido horário. É importante perceber quais partes estão mais endurecidas, para que você invista nos movimentos de forma suave.

Após ler este artigo do site Manual de Saúde, você já sabe o que deve fazer quando uma cólica intestinal atrapalhar seu dia. Aliás, que fique bem claro: caso os sintomas permaneçam e a dor não cesse, procure uma orientação médica para que um profissional possa indicar o melhor tratamento.

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.