O que comer após a tontura

O que comer após a tontura para aliviar os sintomas deste problema, que causa desconforto e impossibilita atividades comuns.

A tontura e crises de labirintite geralmente estão associadas ao estresse, ansiedade ou mudança brusca de rotina, em que é necessário um período de adaptação para regular o corpo, a mente. Além disso, também é possível que seja hereditária, isto é, uma propriedade genética que passou de geração em geração, provocando crises ou até mesmo tonturas leves durante a vida.

Seja como for, sentir-se tonto, literalmente, é uma sensação muito desagradável. É também desconfortável porque você se sente perdido, sem direção, uma vez que sua orientação e equilíbrio estão confusos. O seu labirinto provoca uma sensação diferente no organismo, na sua visão, no seu andar. Muitas pessoas acabam não entendendo uma crise de labirintite, provocando ainda mais estresse a ansiedade em quem está sofrendo com esse mal.

Por exemplo, quando o indivíduo está tonto, ele não pode sair sozinho, dirigir, usar o elevador, ficar de pé sem apoio. E deve-se evitar, a todo custo, ficar em um lugar com muito barulho e claridade, já que atrapalha, e muito, a recuperação do labirinto. Portanto, é preciso muita paciência, principalmente para quem nunca teve.

Muitos tendem a se automedicar, o que é contraindicado, já que cada tontura tem uma causa diferente. Pode ser por inflamação, alimentação inadequada, estresse, crise e assim por diante. E para cada causa, há um remédio específico que vai atuar diretamente nos sintomas. Portanto, muito cuidado.

E falando em alimentação, você sabia que há certos alimentos que podem e devem ser consumidos após a tontura ou crise de labirintite? Há alimentos que ajudam na recuperação do organismo, aliviam a tontura e deixa a sua vida muito mais equilibrada! Portanto, vamos conhecê-los?

O que comer para aliviar a tontura

Em primeiro lugar, é necessário saber que, para se evitar a tontura, um dos principais fatos é a alimentação adequada. Logo, é muito recomendado que se alimente a cada três horas, de modo a não ter tontura e também não deixar o organismo fraco. Porém, de nada adianta se alimentar no horário certo, se não escolher os alimentos adequados.

O que comer após a tontura

Conheça alguns ingredientes e nutrientes fundamentais para o seu corpo durante um episódio de tontura.

Alimentos salgados após a tontura

O sal, por si só, pode ser colocado embaixo da língua para aumentar a pressão e, assim, estabilizá-la. Entretanto, cuidado com o excesso. O queijo, azeitona ou até mesmo um salgado, pode melhorar a sensação de tontura.

Alimentos doces após a tontura

Não estamos falando de chocolate (inclusive, alimentos ricos em cafeína, como o chocolate e o café devem ser evitados, uma vez que pioram o quadro) e sim de frutas e doces em geral que ajudam a equilibrar o índice de glicose no sangue. E quando esse nível baixa, é comum que tenhamos tontura ou enjoos.

Bebidas após a tontura

A água é a principal bebida que ajuda a conter, a prevenir e aliviar um quadro de tontura. Isso porque seu principal objetivo é justamente hidratar o organismo, a circulação sanguínea e outros níveis. Por isso mesmo que é recomendado beber dois litros de água por dia, de modo a trabalhar positivamente no corpo inteiro, evitando, assim, vertigens durante o dia.

Outra bebida recomendada são os isotônicos. Mas, cuidado. As bebidas isotônicas são ricas em sódio que, por um lado, ajuda a manter a pressão arterial equilibrada, porém, por outro lado, se você não é praticante de exercício físico, o sódio pode ficar retido no organismo, fazendo o efeito contrário: o de aumentar a pressão. Por isso que esse tipo de bebida é recomendado para repor os nutrientes e hidratação perdidos durante uma atividade física.

E por último e não menos importante, temos o chá de gengibre, que fortalece e protege os nossos sistemas neurológico e imunológico, aliviando a sensação de tontura.

Esses são alguns alimentos e bebidas que devem ser consumidos diante de uma crise de tontura. Anotou? Lembre-se de que, se os sintomas persistirem, é obrigatório procurar um médico para investigar se algo mais grave não está prejudicando a sua saúde.

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.