Dicas para evitar infarto

Confira dicas de como evitar o infarto, evitando fumar, se estressar, tomar bebidas alcoólicas, e se alimentando bem.

O ataque cardíaco é uma das principais causas que atinge os brasileiros anualmente, levando a fatalidades. As doenças cardiovasculares estão entre as que mais matam a população brasileira a cada ano. Se você pensava que o infarto era o principal, o primeiro lugar vai para o acidente vascular cerebral, mais comumente conhecido como o derrame.

É preciso cuidar da saúde desde cedo para evitar o infarto e garantir uma vida mais longínqua e saudável. Mesmo que você mude de hábitos, saiba que se o ataque cardíaco for uma doença geneticamente encontrada em parentes, a prevenção se torna obrigatória.

Separamos algumas dicas para você deixar seu dia a dia mais saudável e, de quebra, evitar o infarto mais para frente.

Álcool e tabagismo

Além desses dois vícios não serem recomendados para andarem juntos, eles são terríveis porque podem provocar, em longo prazo e em curto prazo (só o fumo, por exemplo) o ataque cardíaco.

Se você fuma, é interessante pensar em parar de fumar, uma vez que o fumante tem 3x mais chances de sofrer o ataque cardíaco. Afinal, os vasos sanguíneos podem ser obstruídos, causando imediatamente a não circulação do sangue e a dificuldade de passagem dos nutrientes para os órgãos.

Dicas para evitar o infarto

Já para as mulheres que fumam, complementar com a pílula anticoncepcional pode ser um erro fatal, levando a outras doenças do coração, além do ataque cardíaco e AVC.

Estresse e trânsito

Tem duas palavras que se complementam mais que essas duas? Quando se está no trânsito e se passa muito tempo respirando a poluição das cidades grandes, o sangue tem mais chance de se coagular, aumentando ainda mais a probabilidade de provocar algum acidente vascular, com o entupimento de alguma artéria. Sabe-se também que o estresse é responsável, muitas vezes, pelo aumento da pressão arterial, piorando ainda mais a situação.

Viajar de avião

Caso você já tenha sofrido um infarto ou tenha pré-disposição genética, é necessário que você avise às companhias aéreas para que possa lhe assistir se ocorrer algum acidente durante a viagem.

Falando em acidente, se você estiver sentindo o infarto, como dor aguda no peito, recomenda-se tomar dois comprimidos de ácido acetilsalicílico para urgência, até a ajuda chegar.

Atividade física

Doenças no coração estão vinculadas diretamente com pessoas que são sedentárias e que estão acima do peso. Portanto, praticar atividade física é um ponto chave para evitar sofrer um ataque cardíaco com pouca idade. Realizar exercícios físicos pelo menos 3x por semana é uma dica importante, porque você também terá que aliar com uma alimentação balanceada, rica em nutrientes. Por isso você não pode deixar de ingerir vitaminas e proteínas diariamente.

Diabetes

Indivíduos que sofrem de diabetes ou tem predisposição, são caracterizados pela dificuldade em absorver a glicose, provocando altos índices de açúcar no sangue. Assim, o sangue também tende a aumentar a sua pressão, levando ao surgimento de infarto e AVC. Para quem sofre diabetes, o risco de ataque cardíaco sobe mais de 4x comparado aos indivíduos que não têm o problema.

Cuide da sua saúde e evite o ataque cardíaco!

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.