Como evitar o efeito sanfona

Confira como evitar o efeito sanfona, um dos principais obstáculos de quem tenta manter o corpo em forma após emagrecer.

Uma das preocupações primordiais das mulheres, é o efeito sanfona, em que ela precisa emagrecer, faz uma dieta, volta para a alimentação regular e acaba engordando tudo de novo.

Muitas pessoas ficam furiosas com essa luta contra a balança, porque dependendo do metabolismo, realmente é difícil encontrar uma forma de permanecer no peso desejado e conquistado em algum momento. Entretanto, a fim de evitar o efeito sanfona é preciso muita disciplina, acompanhamento médico e determinação. Aliás, há algumas dicas de como você pode evitá-lo.  

Dicas para evitar o efeito sanfona

Atividade física

Se você quer prevenir o efeito sanfona é preciso praticar atividade física para que a composição e estrutura do corpo sejam modificadas para que ele se acostume com o metabolismo em constante aceleração. Assim, quando você escorregar em algum dia, comendo exageradamente, você pode descontar na atividade física, porque você acaba eliminando calorias e provocando a perda de peso.

Essa atividade física deve ser dividida em duas modalidades: treinos aeróbicos e treinamento de força, porque dessa forma você pode fortalecer os músculos e queimar gordura ao mesmo tempo. Entretanto, se você fizer qualquer exercício físico, saiba que precisa passar por uma avaliação física a fim de compreender seus próprios limites corporais e cardíacos.

Como evitar o efeito sanfona

Compromisso

De nada adianta você iniciar uma dieta ou reeducação alimentar já pensando de que daqui um mês você irá voltar a sua alimentação normal. É necessário compreender que deve existir uma manutenção corporal sempre que iniciar uma dieta, porque você pode fazer com que o corpo entre em choque, justamente por conta dessas mudanças alimentares. Por isso, faça um compromisso consigo mesma, onde você irá mudar de vida e mudar de hábitos alimentares, não voltando ou pelo menos restringindo a alimentação, preferindo alimentos mais saudáveis e nutritivos.

Uma boa ideia é eliminar da sua casa todos os alimentos que não fazem bem a sua saúde, como doces e açúcares em excesso. Assim, você não cairá na tentação para sair da dieta e, consequentemente, evitar o efeito sanfona. Mas, novamente, a reeducação alimentar deve ser levada a sério. Então, estabeleça compromissos, metas e objetivos semanais. Você deve obrigatoriamente ser é a sua principal motivadora.

Horário das refeições

Para evitar o efeito sanfona, você precisa respeitar os horários das refeições, não se esquecendo de se alimentar corretamente. Pular refeições é a pior coisa que você pode fazer, porque acaba não evitando que você coma excessivamente nas refeições seguintes. Assim, obedecendo aos horários estabelecidos, você acaba equilibrando os nutrientes ingeridos.

O mesmo vale para a velocidade da mastigação. Mesmo que você ache que não tem nada a ver uma coisa com a outra, você deve saber que ao mastigar mais lentamente, você acaba ficando mais saciada, diminuindo a ingestão de alimentos de calorias maiores, por isso que é recomendado que você inicie as refeições principais, como o almoço e o jantar, com um prato de salada.

Essas foram algumas dicas para você prevenir, assim, o efeito sanfona. Lembre-se que você precisa fazer um compromisso consigo mesma para atingir os objetivos e mudar seus hábitos.

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.