Abdômen trincado: dicas de como conseguir

Dicas de como conseguir trincar o abdômen com exercícios, alimentação, suplementação, além de dedicação e disciplina.

Ter um abdômen trincado, definido, forte, para esbanjá-lo por aí não é para muitos. Afinal, é uma das partes do corpo que requer maior cuidado, mais comprometimento e, claro, disposição para manter uma dieta regrada e uma rotina de exercícios cada vez mais intensos. O famoso tanquinho continua em alta e hoje é um dos sonhos mais comuns dos brasileiros, principalmente aqueles que estão lutando contra a balança e querem olhar no espelho e se sentirem bem.

Seja como for, ter um abdômen trincado é uma tarefa árdua que exige tempo e muita paciência. Mas não é uma atividade impossível, pelo contrário, estudos indicam o quanto o corpo se acostuma com o exercício físico e como as mudanças tendem a ser rápidas, logo nos primeiros meses. Porém, é necessário relembrar que, como qualquer outra atividade física, é preciso comprometimento e seriedade, já que não é apenas o exercício que permitirá o abdômen trincado, e sim, um conjunto de fatores.

Portanto, a seguir você conhecerá algumas dicas do site Manual de Saúde sobre como conseguir um abdômen trincado. Se estiver curioso para saber mais, continue lendo e anote tudo que puder!

Dica número 1: perca gordura!

Mesmo que fazer exercícios para o abdômen não seja tão ruim assim, apenas chato e monótono, saiba que o principal objetivo para enxergar os gominhos do abdômen é perder gordura. E já saiba que é um dos lugares mais difíceis de perder calorias, uma vez que se concentra no estômago.

Logo, a mudança será percebida quando você começar a ingerir menos calorias do que você gasta. Dessa forma, todo o corpo é transformado e não será só no abdômen que perderá gordura.

Ter abdômen trincado é possível

Dica número 2: reeducação alimentar!

Para conseguir perder e gastar calorias mais rapidamente, apenas uma dica é fundamental: reeducação alimentar.

Por que a reeducação alimentar é importante para ter um abdômen trincado?

A partir do momento que você retira das suas refeições alimentos e ingredientes que fazem mal para o organismo, todo o corpo sentirá as mudanças, principalmente em termos de gordura corporal. Reduza o consumo de doces, refrigerantes, álcool, alimentos industrializados e fast foods. É claro que no começo será difícil, mas o corpo se acostuma.

Dica número 3: ingerir líquido!

Ingerir bastante líquido também é recomendado. Introduza em sua dieta alimentos e bebidas termogênicas, de modo a gastar ainda mais energia.

Por mais que não seja indicado fazer dietas, há uma dieta que provoca bons resultados, que é o caso do jejum intermitente. O corpo quando está em jejum faz com que mais calorias sejam gastas, já que é a gordura corporal que terá de nos dar energia durante o dia. E quando ficamos com vontade de comer, já não é uma “fome de leão”, por exemplo, o que ajuda também a conter a gula.

Dica número 4: exercícios para o corpo!

De nada adianta fazer várias séries de abdominais por semana se o resto do corpo não está trabalhando junto para queimar gordura. Por mais que você necessite fazer exercícios nessa região, também deve intercalar com exercícios aeróbios, para queimar caloria, como correr, andar de bicicleta, pular corda, nadar, e exercícios para os outros membros, como pernas e braços, por exemplo.

Dica número 5: suplementação!

Muito importante aliar o consumo de suplementos alimentares com os exercícios indicados e uma alimentação saudável. Para escolher os suplementos ideais, converse com seu personal trainer, que irá indicar os que proporcionam melhores resultados na busca por um abdômen trincado.

Dica número 6: descanso!

Não se esqueça que o corpo deve descansar, logo, é ainda mais valioso intercalar os treinos com exercícios aeróbios.

Para alcançar o resultado mais rápido, é recomendado que treine com um personal trainer ou faça inscrição na academia. Mas, não se engane: é possível ter o abdômen trincado apenas fazendo exercícios em casa, entretanto, o processo é mais longo e demorado.

Seja como for, é muito importante que você respeite o seu corpo e não exagere nos treinos. A mudança vem com o tempo e não há nenhum método milagroso. É preciso paciência e comprometimento, sempre.

Aviso
O Site Manual de Saúde tem caráter meramente informativo. Diante de qualquer problema, não faça nenhum diagnóstico ou automedicação com base nas informações lidas aqui. Informe-se e procure um médico de sua confiança.